sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Eu, você e nosso amor nauseabundo estamos nas pontas dos pés, encostados no ferro quente, tentando se desvencilhar um do outro a fim de se jogar nesse lago imundo apinhado de lembranças.